Outras questões sobre preservação da fertilidade no homem

Home » População em Geral » Opções de preservação da fertilidade no homem » Outras questões sobre preservação da fertilidade no homem

 

Quais são os custos associados às técnicas de preservação da fertilidade?
Em geral, nas instituições públicas do Serviço Nacional de Saúde a recolha e congelação de esperma ou tecido do testículo são procedimentos gratuitos.
Por quanto tempo podem ficar congelados os espermatozoides e o tecido do testículo?
 O esperma ou o tecido do testículo podem ser congelados por um período máximo de três anos, de acordo com a lei portuguesa. Após este período, o homem terá de assinar um consentimento de manutenção da congelação.
O que acontece aos espermatozoides e tecido do testículo congelados que não sejam utilizados?
 O esperma ou tecido do testículo não utilizados podem ser eliminados ou usados para fins científicos, de acordo com a preferência do homem.

 

A informação disponível neste website tem apenas finalidade educativa e não deve substituir o aconselhamento, diagnóstico ou tratamento médico profissional. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para esclarecer quaisquer dúvidas relacionadas com a sua saúde.

Última atualização: Fevereiro de 2014.

Informação elaborada com o apoio da

LPCC